quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Biquinis, maiôs e tudo no lugar!


  Olá meninas, hoje nosso post falará sobre roupas de praia, especialmente biquini, maiôs e como escolher o melhor modelo para cada tipo de corpo. Então ...vamos lá!
 
  Para as gordinhas: calcinhas altas, que seguram a flacidez na região da barriga, é sempre bom roubar o foco da atenção do lugar problemático, se o abdomen esta avantajado, devemos optar por peças com detalhes e amarrações nas laterais.
  Listras finas verticais, podem apostar, até mesmo se forem combinadas em dois tons próximos, cores neutras, pouca estampa ajuda também.
  Lembrando, peças com formato ou decote em ''v'' alongam a silhueta e afinam a cintura, quanto mais profundo melhor...






  Sem Curvas: calcinha de modelo asa-delta, bem cavadas nas laterais, as estampas estão liberadas, flores e formas geométricas, quanto mais colorido melhor.
  Abuse dos sutiãs com detalhes centrais, como pingentes, faixas, laços, eles servem para dar volume e tirar atenção da cintura reta.





  Seios Grandes: o modelo cortininha é o mais democrático, escolha um tom escuro e combine com uma calcinha de estampa clara, optem por alças mais grossas, que dão melhor sustentação para o busto.
  Escolha estampas grandes, com desenhos geométricos e evite muitas misturas de cores!








Quadril largo: a parte de baixo deve sempre ser escura, assim vai desviar o olhar para esta região, sendo assim a calcinha deve ser escura e básica, nada de fivelas e pingentes, opte por modelos de cintura baixa, maiôs ou biquinis mais comportados diminuem a atenção para esta parte, caprichem no sutiã, ai sim podemos ter estampas, aplicações pingentes e etc ...




  Pouco busto: caprichem no bojo, podemos optar por estampas, quanto menor o detalhe e mais colorido, mais volume estamos dando para esta região, modelos que tem arame na junção do bojo são acerto garantido, o fato de juntar os seios eleva e conota volume!



  Bom meninas, é isso, esperamos que tenham gostado das opções e atenção na escolha, agora não tem como errar!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário